Lingua Actual: Português
English Version
20 Julho 2018
Conciliamos a manipulação de produtos poluentes com a preservação do Ambiente
EMPRESA LUBRIFICANTES CASTROL SERVIÇOS ADSORVENTE HMP QUALIDADE CONTACTO NOTÍCIAS
Atlantida Serviços em destaque na revista Empreender


Atlântida Serviços – Uma empresa viável é em si mesma um instrumento privilegiado de Responsabilidade Social

Nascida em 1988 pela mão de Vasco Pereira da Silva e direccionada para operar o Terminal de Combustíveis da Nordela, a Atlântida Serviços é hoje, 20 anos após, uma empresa que se reconhece a si mesma como detentora de uma cultura própria, fundada em conceitos de segurança, da qualidade e de responsabilidade social, materializados no quotidiano dos seus colaboradores e das suas várias actividades.

A segurança é entendida e praticada de forma alargada, do safety ao security, tendo em conta pessoas, ambiente, produtos e equipamentos.

É reconhecido que a qualidade é feita presente sempre que fazemos o que devemos, com conhecimento e concentração.

Para que haja condições para tal, existem normas e procedimentos que são rigorosos, o que exige que existam sob forma escrita e sejam conhecidos e reconhecidos por todos como necessários e adequados.

O princípio básico que permite sucessso na implementação das regras é a prática da verdade que, aplicado à circunstância, significa que existe o objectivo de que tudo seja o que deve ser, sendo toda a Equipa chamada a colaborar com a sua criatividade, conhecimento e sentido de responsabilidade.

Na prática nunca está tudo correcto, nunca está tudo pronto e espera-se que cada um colabore actuando no que careça de intervenção. É promovida esta atitude, inclusivé através de objectivos quantificáveis de detecção de situações a corrigir.

Naturalmente a concepção dos Sistemas compete à Gestão de Topo, assessorada por especialistas quando necessário.

Estamos constantemente a realizar e a tentar melhorar, em equipa.

A compensação por esta atitude colectiva manifesta-se, desde logo, por uma maior realização individual de cada pessoa enquanto profissional. Procura-se que todos sintam que fazer bem vale a pena.

No que à responsabilidade social se refere, também existe um conceito alargado, desde a sensibilidade da empresa a eventuais problemas pessoais dos seus colaboradores, até à intervenção da empresa, enquanto instituição ou através da actuação individual, em acções de intervenção na Comunidade. Estas acções podem até ser a disponibilização de know-how técnico no aconselhamento ou acção perante situações pontuais, de acidente inclusivé, o que já aconteceu.

Preservar o ambiente e privilegiar a segurança são também atitudes de Responsabilidade Social.

Na actual conjuntura de crise mundial, consideramos como fundamental a flexibilidade da Empresa e da Equipa para adaptação a novas actividades para as quais detenhamos alguma vocação, bem como o princípio de que quem detem a possibilidade de gerar postos de trabalho tem o dever de o fazer. 

O lucro da empresa é fundamental como garante da sua existência. Mas não é o objectivo único e fundamental.

Qualquer empresa viável é em si mesma um instrumento privilegiado de responsabilidade social.

Em 2004, Vasco Pereira da Silva acalentou a ideia de certificar a Empresa de forma integrada em Qualidade, Ambiente, Segurança e Ética. Seria a primeira empresa em Portugal e no Mundo, a obter tal Certificação. Na verdade veio a constatar-se que Certificação em Ética, não existe sequer. Fomos aconselhados a optar por RS – Responsabilidade Social sob a única Norma reguladora então existente, a SA 8000. Avaliada tal Norma face à realidade da Atlântida veio a ser decidido que preferíamos a liberdade da RS à medida da nossa cultura de empresa do que a obediência a parâmetros que se nos afiguravam primários, mas draconianos, concebidos para outro tipo de contexto social e cultural. Viémos a obter Certificação em Janeiro 2006 de um Sistema Integrado sim, mas em Qualidade, Ambiente e Segurança.

Em Março 2006, concretizando e finalizando projecto de iniciativa da ACEGE – Associação Cristã de Empresários e Gestores, iniciado em 2004 e acarinhado por Vasco Pereira da Silva, a que foi dado o nome de “Ética – Factor de Realização e Progresso”, Mª Helena Pereira da Silva subscreve o Código de Ética dos Empresários e Gestores e integra grupo de empresários que, através de iniciativa da UCID – Unione Cristiana Imprenditori Dirigenti, o fez presente, no Vaticano, ao Santo Padre Bento XVI.

Tendo entretanto sobressaído a nossa atitude na área da RS, nesse ano fomos submetidos a inspecção, comparados com as demais empresas do universo Português e finalmente distinguidos pela APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial, em parceria com a APQ – Associação Portuguesa para a Qualidade, através da atribuição de uma Menção Honrosa Nacional pelas nossas práticas nas categorias de Comunidade e Gestão Ambiental.

Sendo a Atlântida uma empresa familiar, foi Patrícia Pereira da Silva a encarregue de liderar e levar a cabo a Certificação Integrada do Sistema de Gestão da Empresa, iniciada em 2004.

O empenho que colocou na missão, e resultante sucesso, aportaram-lhe o gosto de se   transformar em profissional destas áreas. Para quem não conhece a Empresa, há que acrescentar que neste lapso de tempo Vasco Pereira da Silva, seu Pai, adoeceu e veio a falecer em Janeiro 2006. Patrícia Pereira da Silva é hoje em dia assessora, auditora e formadora para as áreas da Qualidade, Ambiente, Segurança e RS, continuando a assumir na Atlântida a responsabilidade da manutenção dos seus Sistemas Certificados. 

A Atlântida, tendo sempre como fundamental a actividade na qual se especializou ao longo de mais de 20 anos e que é a gestão operacional do Terminal de Combustíveis da Nordela, um terminal de combustíveis líquidos brancos que, mantendo-se tecnologicamente de vanguarda, realiza há 50 anos o abastecimento de combustíveis à Região Autónoma dos Açores, dispõe hoje em dia também de outras actividades de características afins como sejam o transporte de combustíveis de aviação em carro-tanque, o abastecimento de combustível (bunkers) a navios ou a venda de lubrificantes de marinha.

Realiza também todos os trabalhos de manutenção das instalações, dispondo para o efeito de colaboradores devidamente credenciados, como é o caso dos seus soldadores certificados. 

Mais recentemente, e pondo em prática os seus princípios, formou meios humanos capazes de realizar a manutenção de Unidades de Recuperação de Vapores, moderno equipamento que constitui requisito legal para as instalações de abastecimento de combustíveis a carros-tanque, serviço este sedeado no Continente e que realiza onde necessário.

No mesmo sentido, quer de diversificação e flexibilidade, quer de preservação ambiental, está a certificar um produto para limpeza de hidrocarbonetos em terra ou meio aquático que pensa vir a trabalhar.

Comercializa ainda sistemas de purificação de água potável de avançada tecnologia japonesa, que vêm permitir com uma muito simples adaptação a qualquer torneira “limpar” a água, de cloro ou eventuais contaminantes, evitando o recurso a água engarrafada. Tal diminui em grande escala, sobretudo pela utilização em empresas ou unidades industriais, a contaminação provocada pelas garrafas de plástico e o esforço do seu transporte, contribuindo desta forma para a preservação ambiental e da saúde.

Qual o factor-chave para o sucesso das nossas actividades ?

Sem dúvida a qualidade dos nossos colaboradores, ou melhor, o gosto que pomos em ser a Equipa que somos, o sentimento que nos une pela História de Empresa que temos, o orgulho que sentimos pelos obstáculos que já vencemos ...

 

 

 

 

Atlântida Serviços 2008
Design: Sensorial-Net